zaciss

Num novo momento...

Textos




Muita generosidade
das mãos da Aldaisa.
Sozinha...
garante a sustentabilidade,
onde não há guarida.
Cultiva nas veredas vazias,
amoras,
muitas amoras.
Cultiva em meio ao deserto,
onde a aridez do pensamento,
não permite qualquer sentimento.
O sonho é incerto.
Terra fértil.
Olhar infértil.
Ação certa,
das mãos puras!
zaciss
Enviado por zaciss em 14/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras