zaciss

Num novo momento...

Textos


O belo recanto,
sem lugar para nascer,
segue  a triste voz do silêncio,
sem um cantinho para morrer.
Os passantes observam 
o engodo de cidadania.
A Educação pública chora o risco,
de perder-se nas pedrinhas das estradas.
Até a  gramática foi enganada, 
quando o coletivo de tartaruga
virou elefante.
A Natureza chora
a cegueira reinante.
Sob ameaça, 
sorri a angústia triunfante!

foto by Zaciss


Rio Paraíba  -  Lavrinhas  -  SP
zaciss
Enviado por zaciss em 22/11/2018
Alterado em 22/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras