zaciss

Num novo momento...

Textos


Vou caminhando...
recebo a notícia: Mário está com dengue hemorrágica. No hospital, isolado, não pode receber nem a visita da mãe. O precário hospital recebe pacientes de muitas cidades. Poderia ser um hospital regional. Não é!
Mário perdeu muito sangue. Precisa de plaquetas. É urgente!
Alguém na gestão da saúde, parente de Mário,  correu à cidade distante, conseguiu as nove bolsas de plaquetas. Chegou na madrugada. Mário está salvo!

É o início das notícias que ficavam escondidas a sete chaves.
A dengue se espalhou! Famílias e famílias são vítimas da perigosa doença.
Há quem  conte seis membros de uma mesma família acometidos pela dengue.

O mosquitinho avança e está sorrindo. As estatísticas apontam para um aumento assustador.
De  oitocentos e sessenta e seis  pessoas no ano passado,  para quatorze mil neste ano. Uma epidemia!

O que seria... falta de investimento em saneamento básico?
As políticas públicas contemplam preocupações com essas epidemias que vão e voltam?
E  as Metas para a Educação?

Propaga-se o turismo. Pobre turista!

Seria a decadência da pseudo civilização?...

"Sobre o lado ímpar da memória
o anjo da guarda esqueceu
perguntas que não se respondem
."
      João Cabral de Melo Neto

Ah...quando os poderes governarão para o Homem livre e cuidado!

"A liberdade é uma luta constante!".
                           Conceição Evaristo



 
zaciss
Enviado por zaciss em 21/01/2020
Alterado em 21/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras